Música Viagem
capa ivo mozart

É sempre muito difícil escolher um lugar da Europa para visitar porque temos países, cidades, culturas, gastronomia diferentes, e por aí vai… Neste momento, estou escrevendo este post em Londres, por isso não posso deixar de falar de outra cidade a não ser desta que é incrível.

Não é preciso ter um visto para entrar nos países da União Europeia nem na Inglaterra, mas você depende de um policial que fica na área de imigração para poder entrar (ou não), portanto é sempre aconselhável levar todos os documentos para evitar confusões, isso é, passagens de ida e volta, reserva de hospedagem ou os dados da casa e da família onde ficará, enfim, leve o máximo de informações possíveis, pois você pode ser barrado e a Inglaterra é um dos países mais complicados de ter acesso.

Capital da Inglaterra, Londres tem o céu geralmente cinza e as pessoas são muito cordiais; com um sotaque tão forte que quando chegamos, demora um pouco para entender o que eles falam. Esta é a minha segunda vez na cidade e, mesmo falando inglês, demorei a pegar o ritmo deles!

image (6)

A moeda usada aqui é a libra esterlina, conhecida como pounds. É assustador quando você converte o real para a libra, e tudo depende da variação cambial. Para ter ideia, eu paguei uma fortuna dessa vez: £1 está valendo R$ 4,30, ou seja, o bilhete single do metrô, que dá direito a apenas uma ida, custa £6 e equivale a pouco mais de R$ 25. O bilhete do dia custa £8,90 (cerca de R$ 38), ele é caro, mas vale muito a pena porque Londres é uma cidade grande, e para conhecê-la não tem outro jeito a não ser de transporte público que, inclusive, funciona muito bem e é sempre a melhor opção. Os táxis são lindos e não tão caros, mas reserva essa grana para pegar um quando o metrô estiver fechado depois da meia noite. O melhor a se fazer é sempre comprar o ticket para o dia todo, pois assim você vai economizar bastante. Cada estação de metrô parece um lugar superdiferente do outro! Se você tem pouco tempo de viagem, pague uma excursão de ônibus que para nos pontos turísticos principais da cidade, assim você consegue ver um pouco de tudo.

Ivo Mozart ticket

Se você faz o tipo descolado, seu lugar é Candem Town, com muitas lojas de roupas, calçados, piercings e tattoos. Pessoas completamente ecléticas invadem essa parte da cidade, além das feiras que ficam a céu aberto, onde você pode comer comidas típicas de vários países e comprar lembrancinhas e roupas styles. Os londrinos são MUITO bem vestidos! À noite Candem Town ferve de festas, mas tudo começa cedo e termina, geralmente, às 2h. Cedo para nós que estamos acostumados a sair mais tarde das baladas, né?!

image (8)

Oxford é a rua onde tem as lojas mais famosas. Nas trocas de estações, todas as marcas entram em liquidação e, mesmo a libra sendo muito mais cara, vale a pena investir nas roupas, já que tem muita coisa bonita por lá.

Um Lugar Chamado Notting Hill, você já deve ter assistido a esse filme, certo? Ele se passa em bairro que é um charme! Ele é ótimo para andar entre as ruas fofas que mudam de cor e apreciar suas arquiteturas. Lá tem o meu restaurante preferido de Londres, o The Shed. Ele é uma graça! É preciso fazer uma reserva para jantar nele, mas se for depois das 21h30, é capaz de que você encontre uma mesa vaga. Todas as comidas são bem apimentadas e em porções pequenas. Se você for visitar Londres, não perca a oportunidade de comer num lugar lindo com comida maravilhosa. Um casal gasta, em média, £50, comendo e bebendo muito bem.

image (5)

Paddington é um bairro com muitos restaurantes, algumas lojas e muitos hotéis. Para quem chega pelo aeroporto de Heathrow (geralmente os voos do Brasil desembarcam lá) tem um trem, sem parada, direto para a estação de Paddington. Ele demora apenas 15 minutos do aeroporto para o bairro que fica no coração da cidade. O bilhete custa £21. Outra opção é fazer o mesmo trajeto de metrô, que custa £8 e demora 1h20, aproximadamente. Acredito que é melhor ir de trem, pois tem lugar adequado para a mala e ainda possui wi-fi gratuito.

Para quem gosta de visitar pontos turísticos, não pode deixar de ir ao Palácio de Buckingham. Se você tiver sorte conseguirá ver a troca da guarda. É incrível! Também indico assistir a algum show na O2 arena, visitar a Rua Abbey Road, onde os Beatles gravaram e tiraram foto da capa de um dos discos da banda, ir ao Big Ben e à London Eye (se estiver no inverno você pode andar de patins no gelo atrás da roda gigante).

Underground Big Bang

image (10)

image (7)

Brixton já é o lugar mais underground. Dá para assistir a algum show na O2 Academy Brixton também. Eu consegui ir ao show da Lily Allen e foi demais! O lugar fica mais na periferia e é maravilhoso.

Londres é uma cidade encantadora e tem muitos lugares turísticos. Mencionei neste post apenas os bairros mais legais para você ter ideia do que fazer nos primeiros dias que estiver por lá, mas quando você se adapta, já estará andando de metrô como um morador de lá, e tenho certeza que vai querer conhecer tudo!

See you ladies and gentlemen!

image (9)