Viagem

O mais legal de fazer um intercâmbio  é que ele representa uma experiência bastante marcante! Isso porque mais do que conhecer outro país, você vai acabar aprendendo  muito mais sobre o mundo e sobre você mesmo. Se já te passou pela cabeça a ideia de fazer um intercâmbio, provavelmente você deve ter se deparado com a dúvida: ok, mas como e para onde?

Intercâmbio: como escolher?

intercambio como fazer

Para responder esses questionamentos, antes de mais nada, é importante decidir qual programa se adapta melhor a você, ao seu estilo de vida e às suas pretensões profissionais. É que, por exemplo, se você tem entre 15 e 18 anos, você pode optar por fazer um período do ensino médio no exterior, também conhecido como o “high school”. Você também pode optar por intercâmbios menores, que duram um semestre ou um ano.

Agora, se você tem entre 18 e 26 anos, há outras opções para níveis mais altos de escolaridade, como uma graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado. Quem passou dessa faixa etária pode optar por cursos de curto prazo próprio para executivos, do tipo MBA.

E finalmente, vale lembrar que você sempre pode optar por um curso de idiomas no exterior!

Faça uma pesquisa

Antes de fazer as malas, é importante pesquisar sobre os prováveis destinos para onde você pretende ir. Desde  informações sobre o país, estado, cidade, instituição de ensino à dados sobre o curso pretendido. A pesquisa é a melhor forma de não ser surpreendido com informações desconhecidas quando já estiver viajando.

Conheça os tipos de intercâmbio

Como você já deve imaginar, existem várias formas para você conseguir fazer um intercâmbio. Por exemplo, você pode viajar por meio de um pacote pago em empresas particulares especializadas, ou em programas de clubes e associações. Existe ainda a opção de viajar com parcerias, por intermédio da sua universidade – se você é um estudante universitário. Nesse caso, algumas universidades no Brasil possuem convênios com instituições de outros países, o que facilita o intercâmbio entre alunos.

Como a gente falou aqui em cima, também existem os intercâmbios específicos para línguas. Nesse caso, se você decidiu estudar um idioma no exterior, precisa conhecer as três modalidades mais frequentes:

  • Intercâmbio de Estudo, onde o intercambista tem aulas numa escola específica para cursos de língua. Nesse tipo, é possível encontrar aulas para os níveis básico, intermediário ou avançado. Geralmente, são oferecidos os níveis intensivo, com aulas obrigatórias e eletivas nos dois períodos do dia (manhã e tarde) ou semi-intensivo, com aulas apenas em um período e atividades livres no outro.
  • Intercâmbio Business: mais indicado para estudantes que querem desenvolver um idioma com foco em sua carreira profissional.
  • Intercâmbio Preparatório: perfeito para quem deseja se preparar para exames de proficiência em idiomas com certificação internacional, tais como ELTS, TOEFL e TOEIC .

Escolha um  destino

É importante também decidir o local que você deseja fazer intercâmbio. Você pode escolher tendo em vista o idioma que quer aprender, clima do país, atividades que gostaria de praticar, estilo e custo de vida do local, e etc. Liste tudo isso na hora de decidir um destino.

Entenda os tipos de moradia

Depois de decidir qual é a cidade para onde você vai, é hora de escolher o tipo de moradia. Exitem inúmeras alternativas: você pode buscar a opção de morar com uma família no outro país ou optar por alojamentos. Há casos também em que as próprias universidades fornecem hospedagem. Quem está disposto a investir um pouquinho mais sempre pode alugar um imóvel (e até mesmo dividi-lo com alguém). Mas não custa lembrar que isso gera despesas com mobília e os impostos.

Planejando a viagem: como fazer um intercambio?

intercambio

Bom, você já deve estar pesquisando há algum tempo e sabe que depois de escolher o destino e o curso, existem ainda algumas etapas importantes na hora de fazer um intercâmbio:

Fique atento aos seus documentos!

Dependendo do país e do programa que você escolheu, diferentes documentos são necessários. Em geral, você vai precisar do Passaporte atualizado, sua Carteira de identidade, Carteira de trabalho, Comprovante de residência no Brasil, Certificado de estudo, ou diploma, Visto e outros Documentos específicos exigidos pela agência de intercâmbio ou pelos consulados.

Todos esses documentos precisam estar à mão antes da viagem. Mas é importante ressaltar que em alguns casos, você vai precisar destes documentos durantes a viagem, isto é: precisa andar com ele. Portanto, uma dica essencial é que você guarde todos os documentos em um lugar fácil de encontrar na hora do embarque.

Providencie o visto!

Dependendo do país ou programa de intercâmbio que escolheu, você vai precisar de um visto. Não deixe para providenciar o seu apenas na última hora porque nem sempre o processo é rápido.

Faça um seguro de saúde

Outro passo bastante importante e que alguns países exigem é o seguro de saúde. Mesmo não sendo obrigatório, é bom fazer porque você vai estar em um país diferente do seu e precaução nunca é demais. Aliás, se você usa algum medicamento de uso continuo ou periódico, é importante também providenciar as receitas e levá-las com você. Não esqueça de verificar se os seus remédios não são proibidos no país para onde você vai fazer intercâmbio.

Dicas finais:

  • Sempre avise os familiares e os seus amigos onde você vai ficar hospedado!
  • Anote o telefone da sua agência de intercâmbio e do consulado do Brasil no país onde vai fazer intercâmbio.
  • Cuidado com o limite de peso da bagagem para não pagar taxas extras.
  • Cancele serviços que não vai usar durante a viagem – como luz, telefone fixo ou internet.
  • Se tiver contas para pagar, veja como receber os boletos online e pagar pela internet
  • Leve as roupas de uso diário
  • Durante o intercâmbio, evite usar o telefone para chamadas internacionais, use a internet. Assim você economiza!
  • Na hora do lazer, também vale procurar atrações gratuitas, shows ao ar livre, parques e etc.

Pronto! Você já sabe tudo o que precisa para escolher onde e como fazer intercâmbio! Boa viagem!