Sem categoria

Em todo o mundo, o dia 8 de Março é reservado para a celebração do Dia Internacional da Mulher. A data, oficializada pela ONU em 1975, serve, por tradição, para reivindicar a igualdade completa de direitos da mulher. Além disso, ela representa um marco importante para destacar e reconhecer a importância e a contribuição do sexo feminino pra toda a sociedade.

Para quem não sabe, o surgimento da data remonta de meados do século 19 e começo do século 20, quando trabalhadoras começaram a ir às ruas pelo direito ao voto, pela melhoria nas condições de trabalho e pela igualdade de gênero. Dá para perceber que de lá para cá, muita coisa mudou – apesar de que ainda há um caminho longo em busca da completa igualdade dos gêneros. 

No entanto, a história está cheia de mulheres inspiradoras que de formas diferentes contribuíram para o empoderamento feminino das mais variadas formas. E são algumas dessas mulheres que resolvemos trazer neste post! Confiram!

Dia Internacional da Mulher: Conheça 17 Mulheres Inspiradoras

 

Hattie McDaniel

1 – Hattie McDaniel, atriz (1895 – 1952)

Conhecida por viver Mammy no filme E o vento levou (1939), Hattie McDaniel foi a primeira atriz afro-americana a ganhar um Oscar. Aliás, depois de aceitá-lo, na cerimônia, ela teve de retornar para a sua mesa segregada.

COCO CHANEL

2 – Coco Chanel, estilista (1883 – 1971)

Revolucionária, foi influência forte ao livrar as mulheres da tradição de vestuários desconfortáveis e pesados, criando peças simples e extremamente elegantes. Atualmente, ela é um ícone e um dos nomes mais aclamados no mundo da moda.

Toni Morrison

3 – Toni Morrison, escritora (1931 – )

Marcada por seus romances fortes e pungentes, que relatam as experiências de mulheres negras nos Estados Unidos durante os séculos XIX e XX, Toni Morrison é uma escritora, editora e professora e recebeu o Nobel de Literatura de 1993.

mulheres-inspiradoras-Billie-Holiday

4 – Billie Holiday, cantora (1915 – 1959)

Porque com sua voz profunda e talento bruto, ela continua despertando emoções a cada música. Ela é considerada a maior de todas as cantoras do jazz de todos os tempos.

mulheres-inspiradorasEstée-Lauder

5 – Estée Lauder, empresária ( 1908 – 2004)

Decidida a dar às mulheres a oportunidade de se sentirem mais belas e confiantes, ela fundou a Estée Lauder Inc., uma companhia fabricante de produtos de beleza e cosméticos que rapidamente se tornou sinônimo de qualidade, feminilidade e satisfação.

mulheres-inspiradoras-Madam-CJ-Walker

6 – Madam CJ Walker (1867 – 1919)

Considerada a primeira mulher americana a se tornar milionária por mérito próprio, ela foi a primeira filha nascida livre de um casal de escravos. Pioneira no ramo de beleza, criou tratamentos caseiros para a queda de cabelo, que na época era um problema comum em mulheres. Aliás, seus produtos estão na lista dos primeiros desenvolvidos para as mulheres negras e junto com os desenvolvidos por Annie Malone foram um marco na indústria de cosméticos.

mulheres-inspiradoras-audrey-hepburn

7 – Audrey Hepburn, Atriz (1929 – 1993)

Porque além de um ícone de estilo e beleza, sua dedicação  ao trabalho humanitário é inspiradora. Além de elegante e talentosa, ela era dona de um coração gigante.

mulheres-inspiradoras-Carolina-Maria-de-Jesus

8 – Carolina Maria de Jesus, escritora (1914 – 1977)

Porque para uma escritora que viveu rotulada como “mulher, negra e favelada”, mãe solteira sem muita escolaridade, que tirava dos lixões o sustento à família, ela até que teve uma trajetória invejável. Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada, seu livro publicado em 1960, teve mais de 100 mil exemplares vendidos, foi traduzido para 13 idiomas e vendido em mais de 40 países.

mulheres-inspiradoras-fernanda-montenegro

9 – Fernanda Montenegro, atriz (1929 – )

Porque ela é a maior atriz da dramaturgia brasileira. Ela já fez rir e chorar com os seus personagens, e dá orgulho vê-la interpretar. Considerada  uma das maiores atrizes brasileira de todos os tempos, foi a primeira latino-americana e a única brasileira já indicada ao Oscar de melhor atriz, por seu trabalho em Central do Brasil.

mulheres-inspiradoras-aretha

10 – Aretha Franklin, Singer (1942 – )

Porque ela é a rainha do Soul. Simples assim.

mulheres-inspiradoras-Maya-Angelou

11 – Maya Angelou, Escritora (1928-2014)

Porque ela falava como ninguém sobre racismo e identidade, e, como ativista, lutou pelos direitos civis ao lado de nomes como Martin Luther King.

“I’ve learned that people will forget what you said, people will forget what you did, but they will never forget how you made them feel.’” – Maya Angelou

Diane-von-Furstenberg

12 – Diane von Furstenberg, Designer (1946 – )

Porque ela mudou a percepção e a relação da mulher com a moda. Ela é símbolo de elegancia e sensibilidade atemporal. Ela mudou o jeito que as mulheres se vestem e como elas se enxergam.

mulheres-inspiradoras-beyonce

13 – Beyoncé, cantora (1981 -)

Porque ela é uma das cantoras mais poderosas da atualidade, e usa a sua arte para exaltar a força e o poder feminino.

mulheres-inspiradoras-pagu

14 – Pagu, escritora (1910 – 1962)

Porque ela foi uma das mais polêmicas figuras femininas da história brasileira no século XX. Jornalista, ela tinha a fórmula perfeita para enfurecer os mais conservadores. Ainda era desenhista, tradutora e escritora de romances.

mulheres-inspiradoras-Clarice-Lispector,

15 – Clarice Lispector, escritora (1920 – 1977)

Porque suas palavras profundas refletem a inquietude de simplesmente estar viva. Ela com certeza é uma das maiores escritoras da literatura.

mulheres-inspiradoras-Dandara-dos-Palmares

16 – Dandara dos Palmares ( – 1694)

Dandara foi esposa de Zumbi e, como ele, também lutou com armas pela libertação total das negras e negros no Brasil; liderava mulheres e homens, também tinha objetivos que iam às raízes do problema e, sobretudo, não se encaixava nos padrões de gênero que ainda hoje são impostos às mulheres.

mulheres-inspiradoras-Zilda-Arns

17 – Zilda Arns, pediatra (1934 – 2010)

Porque de maneira simples, ela diminuiu os índices de mortalidade infantil no país: disseminando entre as mães a fórmula do soro caseiro. Ela fundou a Pastoral da Criança em 1983 para realizar ações de combate à mortalidade infantil, à desnutrição e à violência. Ela era uma das boas.

É isso: mulheres que inspiram há anos gerações de outras mulheres com suas conquistas e lições de vida. Gostaram da nossa lista? Faltou alguém? Conta pra gente nos comentários!