Viagem

Estamos vivendo em uma era onde todas as coisas são tão efêmeras e descartáveis que perdemos a referência do que realmente somos e gostamos. Ficamos tão influenciados por tendências que não percebemos que, no final das contas, nem mesmo nós sabemos o que realmente buscamos. Não estou falando de uma ou outra pessoa e, sim, do ser humano em geral.

Antigamente, as nossas referências vinham mastigadas pelos meios de comunicação mais acessíveis, como jornal, rádio, televisão e revista. Eles eram responsáveis, até poucos anos atrás, de nos informar pelo que acontecia no mundo em assuntos variados: música, moda, comportamento e tudo o que alimentava as nossas rotinas.

Hoje, com a internet, o cenário mudou! Temos tanta informação em nossa frente que não sabemos como utilizá-la da maneira correta. O que antes era praticamente imposto ao que teríamos acesso, atualmente, estamos num processo de mudança tão grande que podemos ver o que quisermos, mas não sabemos o quê.

Estou falando sobre isso por que estamos tão conectados com tudo, mas não criamos laços com nada. Computadores, celulares e aplicativos fazem com que a gente saiba o que está acontecendo com todo o mundo, em tempo real, porém saber um pouco de cada coisa não significa entender tudo. Não é a quantidade de informação que nos deixa mais inteligentes, o que importa é o que a gente aprende com cada pequena coisa.

Precisamos começar a nos conectar com nós mesmos, descobrir o que gostamos e quais são os nossos sonhos. Pare um minuto para pensar quais são seus principais desejos! Eles são itens materiais para você viver em função deles? Ou a busca pela felicidade está em correr atrás dos sonhos? A nossa principal lição no meio de tanta informação é simplesmente parar! Parar tudo até conseguir ouvir o coração.

Certa vez, disse pra algumas pessoas que um dos meus sonhos era ver aurora boreal, e me perguntaram o por que eu não comprava um carro. Neste exato momento, estou escrevendo este post em um dos pontos localizado ao norte do mundo, em uma cidade chamada Rovaniemi, na Finlândia, prestes a ir caçar a aurora boreal.

ivo-mozart

ivo mozart ivo mozart

As coisas mais incríveis que podemos ter em nossa vida são simplesmente as nossas histórias, que é um tesouro tão raro que nenhum ladrão pode roubar. O que eu quero dizer é simples! O seu sonho pode ser comprar um carro ou qualquer outro objeto, o meu pode ser ver aurora boreal, não importa, o que vale mesmo é você saber o que te faz feliz, não o que os outros vão pensar sobre seus sonhos.

Fica a dica! Coloca o mundo no mudo e ouve teu coração. Vá em busca da sua felicidade!