Livro
dia-nacional-do-livro

Você sabe por que, no dia de hoje, nós comemorarmos o Dia Nacional do Livro? Se você não sabe, a gente explica pra você 😉 Por volta de 1800, no Rio de Janeiro, foi inaugurada a primeira biblioteca nacional, e ela era composta por obras que foram transferidas da Real Biblioteca Portuguesa. Com a criação da Biblioteca Nacional Brasileira, o povo começou a criar o hábito da leitura, que foi sendo aprimorado até os dias de hoje! Por isso, nós separamos quatro obras brasileiras da atualidade pra você.

Depois dos 15 – Quando Tudo Começou a Mudar

Colunista da Capricho e blogueira do Depois dos Quinze, a Bruna Vieira conta pra gente, em formato de crônica, suas histórias, segredos e desabafos sobre quando tudo começou a mudar na sua vida. Este é o primeiro de quatro livros lançados!

Rani e O Sino da Divisão

Rani é uma garota comum que frequenta o ensino médio e tem um banda de punk death com sua melhor amiga. Um dia, Rani percebe um menino diferente, Pietro, que se veste com roupas coloridas e começa a frequentar a sua sala no colégio. O menino, dias depois, revela a Rani que ele faz parte de um grupo de jovens sobrenaturais e que precisam de sua ajuda para derrotar um xamã poderoso que está ameaçando a vida de muitas pessoas.

Dragões de Éter

É uma série composta por três livros: Caçadores de Bruxas, Corações de Neve e Círculos de Chuva. A trama de fantasia se passa no mundo Nova Ether, no continente Ocaso, uma terra que é habitada por reis, rainhas, fadas, bruxas e muitos seres mágicos!

O Reino das Vozes Que Não Se Calam

Uma fantasia que conta a história de Sophie, uma garota que encontra um mundo mágico onde todos os seus talentos não reconhecidos no mundo normal, são supervalorizados.

Agora é só começar a leitura! 😀