Fazendo as malas - Uatt? Blog
fazendo as malas

Fazendo as malas

Acredito que todas as pessoas já tiveram vontade de viajar e conhecer, pelo menos, um pouquinho do mundo, mas se você ainda não sonhou, calma, pode ter certeza que essa vontade vai bater à sua porta logo logo.

Às vezes o que falta para transformar o sonho em realidade é a grana, tempo ou um pouco de tudo. Depois de ultrapassar essas barreiras e, principalmente, o medo do novo (porque querendo ou não estamos muito acostumados a viver na nossa zona de conforto), chega a dúvida mais cruel: Para onde ir?

fazendo as malas

Temos tantas opções pelo mundo que fica difícil escolher a primeira parada, e quando começamos a pesquisar os lugares e pedir dicas para as pessoas, aí é que a dúvida aumenta, já que tudo parece mágico e encantador. Porém, não podemos esquecer que cada pessoa tem uma perspectiva diferente e gosto muito peculiar, então a viagem perfeita do seu amigo pode ser muito diferente da sua viagem dos sonhos. Como já viajei 22 países, na maioria das vezes sozinho e com pouca grana, posso ajudar você com dicas primordiais para encontrar uma viagem top e barata. Mas, antes de tudo, pesquise os lugares que mais te interessam, assim não tem como errar.

Passagens

– Como a quantidade de turistas aumenta (e muito) durante época de férias, sugiro viajar fora de temporada, pois os preços das passagens e dos hotéis sempre ficam mais acessíveis.

– Pesquise sites que fazem um levantamento das passagens de companhias pelo mundo todo, como o Sky Scanner. Eles sempre dão o menor valor e mostram as melhores datas e promoções.

Hospedagem

– Por meio do Airbnb você consegue alugar um apartamento, casa ou apenas um quarto dentro de uma residência. Neste site é possível ver fotos, obter o telefone para contato com o dono, saber os valores e ler comentários de quem já ficou hospedado em uma das casas. São opções para todos os gostos, das mais refinadas até quartos mais simples, além de ter a opção de alugar apenas uma diária ou fazer um pacote.

Couchsurfing, tradução de “surfando no sofá”. Uma comunidade com mais de um milhão de pessoas espalhadas pelo mundo que cedem o sofá de sua casa, ou até mesmo um quarto, apenas pelo intercâmbio cultural. No Couchsurfing você não paga nada, você só troca mensagens com as pessoas para ver se alguém tem um sofá disponível para você. Alguns chegam até receber grupos em casa. Legal, né?!

A primeira vez que fui para Orlando (EUA) fiquei hospedado em uma mansão por meio do Couchsurfing. O mais diferente foi que a dona da casa ficou lá apenas um dia e depois teve que ir viajar, ou seja, fiquei uma semana sozinho e deixei a chave embaixo do tapete na hora de ir embora. Coisas incríveis acontecem nesse tipo de hospedagem. O site é como uma rede social onde você coloca fotos e referências, tornando tudo mais seguro. Ah, além disso, você também pode receber pessoas do mundo inteiro na sua casa.

– Eu já morei em albergues e todas as minhas viagens pelo Brasil e pelo mundo me hospedei nesse estilo. Existem muitos tipos, dos mais luxuosos aos mais simples, o mesmo vale para os quartos, que podem ser individuais ou que você pode dividir até com 64 pessoas (loucura, né?!).

Existem dois sites que fazem filtro por preço e região, o Hostel World e o Hostelling International. Ambos possuem fotos para você escolher um albergue que tem mais o seu perfil e você também pode ler os comentários das pessoas que já se hospedaram neles.

Comida e Deslocamento

Europa – Quando você está em um lugar novo, qualquer praça pode virar seu restaurante preferido, basta passar no mercado e comprar tudo para fazer um piquenique. No Verão até as pessoas que vivem por lá são acostumadas a fazer refeições em parques ou em qualquer gramado que tenha por perto. É simplesmente aconchegante! De qualquer maneira, guarde dinheiro para comer nos restaurantes típicos porque valerá cada centavo. Já imaginou ir para a Itália e não comer uma pizza? Ou ir para Paris e não comer um crepe? É impossível (rs)!

A melhor opção de viagem entre cidades e países na Europa é o trem, que você pode comprar passagens que duram um mês ou três destinos e sai muito mais em conta, sem contar a beleza dos trajetos. Mas se você optar pelo avião, se for antecipado, você consegue comprar passagens no site Ryanair a partir de 1 EUR.

– EUA – País do fast food, lá você vai comer MUITO e barato. Em qualquer esquina você vai encontrar hambúrgueres, pizza e comida mexicana. Se prepare para voltar com uns quilinhos a mais (rs). O meio de transporte que mais vale a pena nos Estados Unidos é o carro porque tudo fica longe, com exceção de Nova Iorque que você consegue andar de metrô tranquilamente. Para não perder tempo e agilizar a sua viagem, você deve alugar o carro antes de ir pra lá, principalmente porque você vai querer comprar tudo o que ver pela frente.

fazendo as malas fazendo as malas

Hoje comecei dando algumas dicas para quem gosta de viajar, e nos próximos posts vou falar de alguns lugares específicos por onde estive. Agora é só escolher o destino e fazer as malas. Conte para nós qual foi a sua viagem preferida e por onde esteve. Também mandem sugestões de lugares e posts que vocês gostariam de ler!