Tudo o que você precisa saber sobre marmitas - Uatt? Blog
Como montar uma Marmita

Tudo o que você precisa saber sobre marmitas

A gente sabe que manter uma alimentação saudável fora de casa não é exatamente a tarefa mais fácil do mundo. É preciso muita determinação e foco para resistir às tentações das lanchonetes, cafeterias, fast-food e dos bares que encontramos nos caminhos vida. E mesmo quando a gente tenta, por conta da dificuldade em se encontrar alimentos nutritivos por aí, é quase impossível persistir em dietas saudáveis por mais de uma semana. No meio dessa luta diária, as marmitas podem ser nossas grandes aliadas.

A moda das marmitas

Bom, como a gente já falou ali em cima, por conta da correria do dia a dia, a gente precisa de muita disciplina para conseguir manter uma dieta balanceada quando está fora de casa.  Talvez por isso, levar comida de casa para o trabalho ou escola é um hábito cada vez mais comum. O legal é que com novos modelos estilosos de marmitas chegando no mercado, a gente consegue unir praticidade, charme, saúde e economia.

E por que entrar na onda das marmitas?

Bom, existe uma série de vantagens em se preparar o próprio lanche e levar a sua marmita para o trabalho ou faculdade. A gente separou algumas:

  • Segurança da procedência: quando você prepara a sua comida, você tem certeza da procedência da comida. É claro que alguns cuidados básicos no transporte e armazenamento vão garantir que a refeição fique longe de qualquer contaminação, mas isso a gente fala mais adiante.
  • Saúde em um pote: Ao preparar uma marmita, você foge das tentações dos cardápios nem sempre tão saudáveis de restaurantes. Além disso, você pode preparar a quantia que vai comer, sem exageros 😉
  • Economia: é bem provável que comprando em casa, você também vai economizar bastante dinheiro.
  • Comida saborosa: você conhece os seus gostos, sabe como preparar uma comida gostosa e agradável ao seu próprio paladar.

marmita-saudável1Dicas para montar as suas marmitas

Okey, até aqui você já viu várias vantagens em levar o seu lanchinho para o trabalho ou faculdade. Mas é preciso lembrar que não basta montá-lo com tudo o que você tem vontade. Antes de montar qualquer marmita é importante lembrar de conciliar as refeições de forma que fiquem, além de gostosas, nutritivas. E aqui vão as melhores dicas pra você fazer isso de uma forma bem simples:

1- Não exagere na quantidade:

Sabe um truque legal para não exagerar no tamanho da marmita? Coloque os alimentos em um prato para que você tenha noção da quantidade real de cada item. E lembre-se de balancear a comida: metade do prato com verduras e legumes (que são ricos em fibras, o que contribui para o bom funcionamento do intestino, ajuda na digestão e na absorção do colesterol e da glicose), e a outra parte com carboidratos e proteínas. É que pra que sua marmita fique mais nutritiva e saudável é bem importante que tenha uma porção de cada grupo alimentar.

E dica bônus: é sempre bom separar uma frutinha de sobremesa também.

marmita-com-divisórias

Marmita Lunch Time

2- Use marmita com divisórias e separe frios de quentes

Outra dica para montar a sua marmita é separar alimentos quentes  e frios. O ideal é que você use recipientes que contêm divisórias, ou que você leve a salada em um recipiente à parte. A separação dos alimentos melhora inclusive a conservação. O ideal também é que você tempere a salada apenas na hora de comer. Ainda em relação aos temperos, a opção mais prática são os sachês individuais ou os pequenos potes.

marmita-com-divisórias3

Mini Marmita Hora do Lanche

3 – Use marmitas térmicas e organize na noite anterior

O segredo para manter uma boa rotina de alimentação saudável é organização! Procure organizar sua marmita já na noite anterior ao consumo. Se você deixa para separar tudo pela manhã pode correr o risco de se atrasar para os primeiros compromissos do dia. E se sua vida é muito corrida, e você não tem tempo para preparar refeições durante a semana, é interessante separar um tempinho do sábado ou do domingo para fazer isso – e cozinhar alimentos práticos e versáteis que podem ser congelados. A dica “coringa” é, se você come carne, apostar no frango desfiado. É possível congelá-lo em porções individuais, e ele combina com saladas e sanduíches.

Só uma ressalva, no caso das saladas, o ideal é preparar no mesmo dia pra que ela fique bem conservada.

Marmita Live, Love, Eat

4 – Cuide do armazenamento

A gente sabe que quando a comida não é armazenada de forma adequada, ela pode azedar já no trajeto de casa para o trabalho ou para a escola. Então, o ideal é que você utilize marmitas térmicas, ou carregue a sua marmita em bolsas térmicas e que você a deixe na geladeira depois do preparo. Se no seu local de trabalho ou faculdade você não tem acesso a uma geladeira, de novo, a dica é deixar sua marmita em uma lancheira térmica que seja capaz de conservar alimentos frios por mais tempo. E se você está levando alimentos perecíveis, prefira consumi-los logo nas primeiras refeições.

E aqui tem notícia boa: você pode aquecer a sua marmita no forno, no micro-ondas ou até mesmo em banho-maria sem qualquer prejuízo para a dieta e a saúde. Segundo as nutricionistas, todos esses métodos não interferem no valor nutricional dos alimentos. 🙂

marmita-com-divisórias2

Mini Marmita Diva

5 – Opte também por bebidas saudáveis 

E já que você está se preocupando com a alimentação, que tal substituir o refrigerante ou o suco de caixinha por bebidas mais saudáveis? Você pode preparar em casa um suco natural, ou comprar poupas congeladas que também representam opções mais saudáveis. Só tome cuidado para evitar frutas que amargam mesmo quando conservadas na geladeira (como melancia, abacaxi, limão). E o ideal é que você prepare o suco um pouco antes de sair de casa para que ele fique mais conservado.

E a água sempre será uma opção saudável e barata, né?

comida-saudável

6 – Dica bônus: não esqueça dos lanches

A gente já falou que é interessante separar uma frutinha para o lanche ou sobremesa, então reforçamos a dica: sempre que for montar a sua marmita, lembre-se de dos lanches intermediários, para café da tarde ou da manhã. Opções leves, como salada de frutas, sucos, iogurtes, pães, biscoitos e farinhas integrais são escolhas interessantes. Barrinhas de proteína também são uma ótima opção.

É isso. O que acharam das nossas dicas? Vocês também já entraram na onda das marmitas? Conta pra gente!